Elon Musk é fã do Twitter. O fundador da Tesla gere uma das contas com mais seguidores em todo o mundo e é aquela plataforma que privilegia para a promoção de novos lançamentos ou tecnologias da marca, mas também para partilhar todo o tipo de informações que considera relevantes.

Agora, o homem mais rico do mundo para a Forbes passa de utilizador a ‘patrão’ do Twitter, uma vez que a companhia aceitou a proposta de compra do empresário de 50 anos, no valor de 44 mil milhões de dólares, qualquer coisa como 41 mil milhões de euros.

Musk já informou que pretende implementar mudanças na plataforma digital que incluem o levantamento das restrições de conteúdo, considerando que a política de bloquear utilizadores não se enquadra na manutenção da liberdade. "A liberdade de expressão é a base de uma democracia em funcionamento, e o Twitter é a praça da cidade digital onde são debatidos assuntos vitais para o futuro da humanidade", comentou.

TPL_BACKTOTOP